Dr. Faustus

Your awesome Tagline

0 notes

Hoje a magia de Veronese. Exposicao colossal montada de forma perfeita. So possivel criticar com atraso

0 notes

O pedante ( mas competente )director da National Gallery  falando sobre a grnde mostra de Veronese. La estarei dia 21

0 notes

Hoje bom concerto de Pascoa ***! Coros e orquestra bem. Corboz teve uma leitura da Paixao  ”arrastada”. Solistas de alto nivel embora  Carlos Mena nao tivesse sido habitado pelo duende, na aria mais celebre .da BWV 244. Surpresa foi a qualidade do jovem baixo Andre Baleiro. Mesmo com defeitos esta musica colossal e sempre emocionante. 

0 notes

Agnes Obel , uma dinamarquesa com um pop lieder romantico e escuro. Tornou-se conhecida com “RIverside” que apareceu na Anatomia de Gray. O disco ue saiu agora Aventine recomenda-se

(Source: Spotify)

Filed under music spotify

2 notes

demoura:

Cornelius von Pielenbursch ” Diana no banho” (1624) , Surpreendida por Acteon Diana castiga transformando-o em cervo que viria a ser devorado pelos próprios cães ! A propósito o poema de V.G.Moura: “Via diana /pelo buraco/da fechadura./era jacuzzi?//banho de espuma?/estava nua,/brilhava flava,/tinha o cabelo// puxado para cima,/belas maminhas/ à tona de água,/olhos fechados// deliciada,/os pés nas bordas/dos azulejos

demoura:

Cornelius von Pielenbursch ” Diana no banho” (1624) , Surpreendida por Acteon Diana castiga transformando-o em cervo que viria a ser devorado pelos próprios cães ! A propósito o poema de V.G.Moura: “Via diana /pelo buraco/da fechadura./era jacuzzi?//banho de espuma?/estava nua,/brilhava flava,/tinha o cabelo// puxado para cima,/belas maminhas/ à tona de água,/olhos fechados// deliciada,/os pés nas bordas/dos azulejos

1 note

Neblina tardia em Colares. Tranquilidade de ser transportado pelo meu Filho Pedro

0 notes

A CARiTAS instalou na Praia das Maçãs uma unidade de recolha de vestuário usado. Bem concebidas com perfil de anonimato. Gosto e passamos a ser depositores assíduos..

2 notes

Cornelius von Pielenbursch ” Diana no banho” (1624) , Surpreendida por Acteon Diana castiga transformando-o em cervo que viria a ser devorado pelos próprios cães ! A propósito o poema de V.G.Moura: “Via diana /pelo buraco/da fechadura./era jacuzzi?//banho de espuma?/estava nua,/brilhava flava,/tinha o cabelo// puxado para cima,/belas maminhas/ à tona de água,/olhos fechados// deliciada,/os pés nas bordas/dos azulejos

Cornelius von Pielenbursch ” Diana no banho” (1624) , Surpreendida por Acteon Diana castiga transformando-o em cervo que viria a ser devorado pelos próprios cães ! A propósito o poema de V.G.Moura: “Via diana /pelo buraco/da fechadura./era jacuzzi?//banho de espuma?/estava nua,/brilhava flava,/tinha o cabelo// puxado para cima,/belas maminhas/ à tona de água,/olhos fechados// deliciada,/os pés nas bordas/dos azulejos

0 notes

O genial bibliotecario deHull Philip Larkin disse  “Deprivation is for me what daffodils were for Wordsworth.”Mas depois escreveu isto

The trees are coming into leaf
Like something almost being said;
The recent buds relax and spread,
Their greenness is a kind of grief.

Is it that they are born again
And we grow old?
No, they die too,
Their yearly trick of looking new
Is written down in rings of grain.

Yet still the unresting castles thresh
In fullgrown thickness every May.
Last year is dead, they seem to say,
Begin afresh, afresh, afresh.